Menu


THIS IS ROCK






“Four Out Of Five”, o novo single e vídeo do Arctic Monkeys

 Na última sexta-feira (11) o Arctic Monkeys apresentou o álbum “Tranquility Base Hotel & Casino”. Agora eles lançam o primeiro single e vídeo do novo trabalho, “Four Out Of Five”. O clipe, dirigido por Bem Chappell e Aaron Brown, foi filmado em Castle Howard, no condado de Yorkshire.

“Tranquility Base Hotel & Casino” foi produzido por James Ford e o vocalista Alex Turner, com gravações em Los Angeles, Paris e Londres.

Primeiro lançamento de inéditas desde “AM” (2013), o álbum enfatiza a busca da banda por novos terrenos musicais. “Tranquility Base Hotel & Casino” torna a aposta grande: é um corajoso e brilhante trabalho que reflete e compreende melhor do que nunca a visão criativa de Turner. No disco estão 11 faixas, todas de autoria do vocalista, entre elas “Four Out of Five”, “Star Treatment” e “She Looks Like Fun”.

O álbum chega no Brasil pela gravadora Deck nas plataformas digitais, em CD, vinil e cassete.

Fonte: universodorock

Assista o clipe abaixo: "Four out Of Five"







JUDAS PRIEST E ALICE IN CHAINS VEM AO BRASIL

 PARA TURNÊ CONJUNTA,

Show faz parte da turnê Firepower, do Judas Priest. Com o sucesso do recém lançado álbum Firepower, o Judas Priest vem ao Brasil para shows conjuntos com o Alice In Chains, diz o jornal Destak.

A expectativa é que a turnê passe por várias cidades, mas por enquanto somente o show em São Paulo está certo.






Peter Hook volta a São Paulo para show de “Technique” e “Republic” do New Order.

Peter Hook volta ao Brasil para única apresentação no dia 10 de outubro na Audio Club, capital paulista. Desta vez, o co-fundador e ex-integrante do Joy Division e New Order destaca uma performance com os sucessos de dois álbuns do New Order: “Technique” e “Republic”, além de um set com clássicos da banda Joy Division. O início das vendas começa hoje, dia 8 de maio.

O show faz parte de uma sequência cronológica do projeto de Peter Hook de tocar na íntegra e na ordem, os álbuns que marcaram a trajetória do Joy Division e New Order. Em 2011, Hook veio ao Brasil para apresentar um show exclusivo sobre a curta e intensa história do Joy Division. Um ano mais tarde, o baixista voltou ao país com a turnê de “Movement” and “Power, Corruptions & Lies” – os dois primeiros álbuns do New Order lançados em 1981 e 1983, respectivamente, que marcaram a transição do Joy Division para o New Order e o início da carreira da banda com o experimentalismo eletrônico e ritmos dançantes. Na penúltima temporada por aqui, em 2014, ele deu continuidade com músicas do terceiro e quarto discos do New Order: “Lowlife” (1985) e “Brotherhood (1986). E em 2016, Peter Hook destacou um repertório com os maiores sucessos de “Substance”, a primeira coletânea do New Order, lançada em 1987, que acabou se tornando o álbum mais famoso do grupo inglês; e nome também da compilação de singles, lançada um ano mais tarde pela banda britânica de pós punk Joy Division, que traz faixas de EPs que não entraram nos LPs “Transmission”, “Komarino”, “Love Will Tear Us Apart” e “Atmosphere”. Agora Peter Hook, mais uma vez acompanhado da banda The Light – formada por seu filho Jack Bates (baixo), David Potts (guitarra), Andy Poole (teclado) e Paul “Leadfoot” Kehoe -, abre o show com um set recheado de clássicos do Joy Division como “Love Will Tear Us Apart”, “Transmission”e “She’s Lost Control” e segue com um repertório com os hits de “Technique” (1989) – “Fine Time”, “Round Round”, “Mr. Disco” e “Vanish Point”; e “Republic” (1993) – “Regret”, “World” e “Ruined In A Day” (“Republic”).

SERVIÇO SÃO PAULO
Local: Audio – Avenida Francisco Matarazzo, 694 – Barra Funda, São Paulo/SP. Telefone: (11) 3862.8279.
Data: 10 de outubro de 2018 (quarta-feira).
Horário: abertura da casa: 21h. Show a partir das 23h.
Observações: Possui área de fumantes e local para alimentação, acesso a pessoas com deficiência e wi-fi grátis.
Ingressos: Lote 1 – meia entrada: R$70 / inteira: R$140. Lote 2 – meia entrada: R$80/ inteira: RS160.

Fonte: universodorock






Nenhum de Nós lança o EP “Doble Chapa” em Belo Horizonte.

anda sobe ao palco do Palácio das Artes no dia 2 de junho com canções do EP e hits consagrados

Após pouco mais de dois anos sem se apresentar em BH, o Nenhum de Nós volta à capital mineira para o show de lançamento do primeiro EP do grupo, intitulado “Doble Chapa”. A apresentação será realizada no dia 2 de junho, sábado, às 21h, no Grande Teatro do Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537, Centro, Belo Horizonte/MG), com a produção local da Artbhz.

Estarão no palco do Palácio das Artes: Thedy Corrêa (voz), Veco Marques e Carlos Stein (guitarras e violões), João Vicenti (teclados e acordeón), Sady Homrich (bateria) e, como músico convidado, Estevão Camargo (baixo e vocais). Além das canções do novo EP, eles prometem também animar seu imenso público mineiro com muitos de seus hits poderosos como “Camila Camila”, “Paz e Amor”, “Você Vai Lembrar de Mim” e “Vou Deixar Que Você Se Vá”, entre outros.

Em outubro de 2017, o grupo completou 31 anos de carreira. Com a consistente marca de mais de 2000 shows, 17 discos e 03 DVD’s lançados, a banda já recebeu inúmeros prêmios, reconhecimento de público e de crítica, e possui uma imensa legião de fãs no Brasil e na América Latina. “Doble Chapa” é um novo capítulo desta longa e exitosa história.

O EP “Doble Chapa” está disponível nas plataformas digitais e também em formato físico nas lojas de discos. O lançamento é do selo Ímã Records.

SERVIÇOS

BELO HORIZONTE/MG
Nenhum de Nós – show de lançamento do EP “Double Chapa”
Data: 2 de junho, sábado
Horário: 21h
Local: Grande Teatro do Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537, Centro, Belo Horizonte/MG)
Ingressos:
Setor 1
Inteira – R$ 120,00
Meia-Entrada R$ 60,00

Setor 2
Inteira – R$ 100,00
Meia-Entrada R$ 50,00

Balcão
Inteira – R$ 80,00
Meia entrada – R$ 40,00

3 categorias de pacotes:
PACOTE 1 DOBRO:

O cliente adquirirá dois ingressos pelos preços abaixo:
Setor 1 R$ 150,00
Setor 2 R$ 130,00

Balcão R$ 110,00

PACOTE 2 TRIPLO:
O cliente adquirirá três ingressos pelos preços abaixo:
Setor 1 R$ 225,00
Setor 2 R$ 195,00
Balcão R$ 165,00

PACOTE 3 FAMÍLIA:
O cliente adquirirá quatro ingressos pelos preços abaixo:
Setor 1 R$ 300,00
Setor 2 R$ 260,00
Balcão R$ 220,00








Machado de Einstein: "Novo Rumo" está agora nas plataformas digitais

A banda Machado de Einstein acaba de liberar nas principais plataformas digitais, o mais recente álbum de músicas inéditas, “Novo Rumo”. O disco é composto por 10 canções que abordam temas sociais, críticas e reflexões sobre a vida, e tudo isso sem perder a pegada Rock.
Track list: “Novo Rumo”
01 - Insane
02 - Faz sentido
03 - Won’t you
04 - Por Amor
05 - Novo Rumo
06 - Mr. Blues Man
07 - Cruel
08 - Instituições
09 - Erros e acertos
10 – Burn
O álbum também pode ser adquirido de forma física. Para ter uma cópia, basta entrar em contato direto com a banda, pelo endereço: https://m.facebook.com/machadodeeinstein/
Para acesso ao Spotify:
https://machadodeeinstein.hearnow.com/
Em “Novo Rumo” o Machado de Einstein apresenta guitarras distorcidas (típicas do Grunge da década de 90) e muito Hard/Rock. A cozinha tem linhas de baixo graves e pulsantes e uma bateria firme e pesada. Os vocais transitam entre momentos suaves e drives rasgados. A produção ficou por conta do experiente produtor Oliver Dezidério.
Músicos
Daniel Siebert - voz e guitarras
Edgar Gomes de Souza - guitarras
Ozeias Matos - baixo e guitarra
Henrique Lopes - bateria
Oliver Dezideiro - Sintetizador
www.machadodeeinstein.com.br
https://m.facebook.com/machadodeeinstein/
https://www.instagram.com/machado_de_einstein/
https://www.youtube.com/c/MachadodeEinstein

Machado de Einstein é uma banda autoral de Balneário Camboriú SC. Recentemente assinou com o selo Musikorama. Com vocal rasgado e letras em português e inglês tem influencia de bandas como Linking Park, Nirvana, Alice in Chains, Metallica, O Rappa, Dazaranha, Charlie Bronw Jr entre outras. Objetivo da banda é abordar temas sociais atuais e filosoficos através das musicas com energia e peso. Machado de Einstein é uma banda de Rock de Balneário Camboriú, litoral de Santa Catarina, fundada em 2014 pelos músicos Daniel Siebert, Edgar Gomes e Henrique Lopes. O grupo lançou seu primeiro álbum chamado “Survive” em 2016, disponível para streaming no Youtube, Spotify e Soundcloud. Deste trabalho foram gravados dois videoclipes – “War” e “Colheita”, ambos ultrapassaram a marca de 30 mil visualizações no Youtube. Em 2017 a banda assina com a Musikorama Music Records, o sub-selo rock da Universal Music e VEVO, iniciando as gravações do segundo álbum (Novo Rumo) produzido pela ODZ Music. “Insane”, o primeiro single deste álbum, foi lançado através do canal VEVO e em poucas semanas ultrapassou 60 mil visualizações. O álbum “Novo Rumo” é composto por 10 canções que abordam temas sociais, críticas e reflexões sobre a vida, tudo isso sem perder a pegada do rock. Novo Rumo tem como característica as guitarras distorcidas típicas do Grunge da década de 90 e do Hard Rock, baixo pulsante e grave, bateria firme e marcante cndom linhas inusitadas. Já os vocais transitam entre momentos suaves e drives rasgados bem executados pelo vocalista Daniel Siebert. A produção ficou por conta do experiente produtor Oliver Dezidério que, trabalhando em conjunto aos arranjos elaborados pela Machado de Einstein, criou uma sonoridade moderna e orgânica, tendo como resultado uma textura sonora única.

https://machadodeeinstein.com.br/sobre/

Confira  abaixo "Insane" o novo Som da Banda





The Cure irá voltar ao estúdio para celebrar 40 anos de banda


2018 é um ano muito especial para o The Cure já que a mega influente banda britânica irá celebrar seus 40 anos de carreira.

Robert Smith, líder do grupo, tem vários planos para os próximos meses e nós já inclusive falamos sobre um deles que é o de realizar a curadoria do Meltdown Festival, com bandas como Death Cab For Cutie, Nine Inch Nails, Mogwai, My Bloody Valentine, Deftones e, é claro, o Smiths.

Além de selecionar um time de primeira para o evento, em entrevista para a BBC 6 Music, o músico disse que “voltou a se apaixonar pela arte de criar novas músicas” e inclusive revelou que já agendou horários em estúdios para que a banda faça suas gravações.

O último disco de estúdio do The Cure é 4:13 Dream, de 2008, o que significa que se um novo disco viesse à tona, seria o primeiro em dez anos e o primeiro desde a existência do TMDQA!, por exemplo, que nasceu em 2009.

Que venha, estamos preparadíssimos!






Dire Straits: banda vai se apresentar sem

Mark Knopfler no Hall da Fama






Dream Theater: com peso, novo disco deve ter influência de Images & Words

O tecladista Jordan Rudess falou, em entrevista ao Metal Wani, sobre o próximo disco do Dream Theater, que começará a ser planejado em breve. O músico afirmou que o álbum será mais pesado que seu antecessor, "The Astonishing" (2016), e pode ter influência do clássico "Images And Words" (1992), graças à turnê onde o tocaram na íntegra para celebrar seu 25° aniversário. As declarações foram transcritas pelo Blabbermouth."Certamente, voltar ao 'Images And Words' foi significativo para nós. E foi ótimo para os fãs. Foi um show empolgante. [...] Tendo feito a turnê e experimentado a mágica daquele álbum, sim, acho que as influências meio que nos trazem de volta às raízes, à fundação do que a banda era naquela época", afirmou.

Entre maio e junho, segundo Rudess, o novo disco deve começar a ser feito. "Temos interesse apenas em juntar nossas mentes e encontrar algo que seja representativo sobre quem somos. Talvez vá um pouco para o lado mais pesado. Certamente, (não será) nada como um disco conceitual, já que fizemos 'The Astonishing' e nos divertimos, e foi um projeto incrível e criativo. Acho que, agora, vamos voltar um pouco às nossas raízes e isso, provavelmente, envolve um pouco de uma abordagem mais pesada para o som, mas sem perder de vista a melodia", disse.










Kiss: "nova geração" de integrantes deve ser escolhida em reality show

Kiss pode lançar, daqui algum tempo, um reality show para escolher os integrantes que vão dar sequência à banda. A informação foi revelada por Gene Simmons, em entrevista ao Toronto Sun.

A reportagem menciona, de forma muito breve, que Gene Simmonsconversou com o produtor de reality shows Mark Burnett sobre a realização de um programa do gênero para buscar a "nova geração" de integrantes do Kiss. "Não podemos fazer isso para sempre", afirmou.É dito, ainda, que a proposta é lançar o reality show quando o Kiss estiver pronto para se aposentar. Ou seja, não há planos imediatos para a banda pendurar as chuteiras - ou os saltos de plataforma.

'Franquia'

Não é novidade que os dois membros originais remanescentes do KissGene Simmons e o vocalista e guitarrista Paul Stanley, pretendem transformar a banda em uma espécie de franquia. Ao longo dos anos, os músicos têm dito, repetidamente, que querem o grupo seguindo sem qualquer membro da formação clássica.Em entrevista recente à rádio 95.5 KLOS, Paul Stanley falou sobre o assunto. "Eric (Singer, baterista) está na banda há 20 e tantos anos, saindo e voltando. E Tommy (Thayer, guitarrista) está há 15. As pessoas que pensaram inicialmente 'bem, serão os quatro caras originais' estão 50% erradas. O Kiss é um conceito, um ideal, uma forma de fazer performance e oferecer à audiência, e isso vai além de mim. Sou um grande fã de mim - acho que sou realmente bom no que faço -, mas não quer dizer que exista alguém que possa trazer algo à banda. Não um clone, alguém que me copie, mas eu fui influenciado por muita gente, então, há pessoas que foram influenciadas por mim", disse.

Especulações sobre aposentadoria

No início de 2018, a Kiss Catalog Ltd., dona dos direitos de propriedade intelectual relacionados à banda, entrou com um pedido de registro feito para a marca "The end of the road" ("O fim da estrada", em tradução livre para o português) na United States Patent and Trademark Office (USPTO), entidade que gerencia patentes nos Estados Unidos. Graças ao nome sugestivo, muitos fãs especularam que o Kiss estaria planejando encerrar suas atividades.No entanto, Paul Stanley explicou que foi apenas uma medida preventiva. "Não é nosso primeiro registro de marca. Achei o nome incrível e fiquei surpreso que ninguém o tenha usado antes. Queria garantir que quando o usarmos - e haverá um momento no qual o usaremos, imagino -, quero garantir que seja nosso", afirmou.O Kiss já anunciou que encerraria suas atividades em 2001, quando ainda contava com o guitarrista Ace Frehley e o baterista Peter Criss, reunidos na formação original. Entretanto, o grupo mudou de ideia e seguiu com Tommy Thayer e Eric Singer nas vagas de Frehley e Criss, respectivamente.

Baterista Carl Palmer, do Emerson, Lake & Palmer, se apresenta em maio no Brasil

 Carl Palmer é um dos bateristas mais conhecidos do mundo, fundador de bandas como Emerson, Lake & Palmer e Asia. Em maio de 2018 ele traz para o Brasil a turnê EMERSON LAKE & PALMER LIVES ON!, uma homenagem/celebração aos seus companheiros de ELP Keith Emerson e Greg Lake. As apresentações serão em São Paulo (Espaço das Américas, 24 de maio), Rio de Janeiro (Vivo Rio, 25 de maio) e Niterói (Teatro Municipal de Niterói, 26 de maio). Os shows fazem parte da Top Cat Series, sequência de shows internacionais promovida pela Top Cat Produções Artísticas.

A tour chega com o lançamento internacional do pacote DVD/ CD ‘Pictures at an exhibition’, o tributo de 2016 para Keith Emerson (que contou com o guitarrista do Genesis Steve Hackett – que também vai se apresentar no Brasil, em março de 2018 -, o tecladista e vocalista do Vanilla Fudge Mark Stein e o baterista David Frangioni) e do CD Live In The USA, ambos pela BMG Music, que também relançou o catálogo da banda.

Além da forte presença de Palmer no palco, a turnê também vai destacar seu trabalho nas artes plásticas, feito há pouco tempo em parceria com o californiano Scene Four Art Studios. Palmer recentemente criou duas novas imagens: ‘Welcome back’ (dedicada para Emerson) e ‘Lucky Man’ (dedicada a Lake) e várias outras peças e fotos e imagens históricas, que serão exibidas durante as apresentações em vídeo projetado no fundo do palco.

A vinda de Carl Palmer é parte do Top Cat Concert Series, projeto iniciado ano passado, que trouxe Renaissance e 10.000 Maniacs ao Brasil. Em 2018, o Top Cat Concert Series continua, com shows e eventos internacionais com música de qualidade, dando ênfase ao jazz, blues e rock clássico e progressivo de todo mundo, procurando agregar o publico em todas as suas apresentações.

SERVIÇO

SÃO PAULO
Data: 24 de maio de 2018 (quinta-feira)
Abertura da casa: 20h
Início do show: 22h
Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP)
Ingressos: Setor Platinum Fila 1 a 4: R$ 380,00 (inteira) e R$ 190,00 (meia) | Setor Azul Premium Fila 1 a 7: R$ 280,00 (inteira) e R$ 140,00 (meia) | Setor Azul Fila 8 a 15: R$ 240,00 (inteira) e R$ 120,00 (meia) | Setor A, B, C e D: R$ 200,00 (inteira) e R$ 100,00 (meia) | Setor E, F, G e H: R$ 160,00 (inteira) e R$ 80,00 (meia)

RIO DE JANEIRO
Data: 25 de maio de 2018 – (Sexta-feira)
Local: Vivo Rio
Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo, Rio de Janeiro, RJ
Horário do evento: 22h
Abertura dos portões: 20h
Ingressos:
Preços:
Camarote A: R$320
Setor 4: R$200
Setor 3: R$240
Setor 2: R$280
Setor 1: R$320
Frisa: R$190
Balcão: R$180
Camarote C: R$200
Camarote B: R$280
Setor 5: R$190

 Fonte: universodorock






Baterista Carl Palmer, do Emerson, Lake & Palmer, se apresenta em maio no Brasil

Carl Palmer é um dos bateristas mais conhecidos do mundo, fundador de bandas como Emerson, Lake & Palmer e Asia. Em maio de 2018 ele traz para o Brasil a turnê EMERSON LAKE & PALMER LIVES ON!, uma homenagem/celebração aos seus companheiros de ELP Keith Emerson e Greg Lake. As apresentações serão em São Paulo (Espaço das Américas, 24 de maio), Rio de Janeiro (Vivo Rio, 25 de maio) e Niterói (Teatro Municipal de Niterói, 26 de maio). Os shows fazem parte da Top Cat Series, sequência de shows internacionais promovida pela Top Cat Produções Artísticas.

A tour chega com o lançamento internacional do pacote DVD/ CD ‘Pictures at an exhibition’, o tributo de 2016 para Keith Emerson (que contou com o guitarrista do Genesis Steve Hackett – que também vai se apresentar no Brasil, em março de 2018 -, o tecladista e vocalista do Vanilla Fudge Mark Stein e o baterista David Frangioni) e do CD Live In The USA, ambos pela BMG Music, que também relançou o catálogo da banda.

Além da forte presença de Palmer no palco, a turnê também vai destacar seu trabalho nas artes plásticas, feito há pouco tempo em parceria com o californiano Scene Four Art Studios. Palmer recentemente criou duas novas imagens: ‘Welcome back’ (dedicada para Emerson) e ‘Lucky Man’ (dedicada a Lake) e várias outras peças e fotos e imagens históricas, que serão exibidas durante as apresentações em vídeo projetado no fundo do palco.

A vinda de Carl Palmer é parte do Top Cat Concert Series, projeto iniciado ano passado, que trouxe Renaissance e 10.000 Maniacs ao Brasil. Em 2018, o Top Cat Concert Series continua, com shows e eventos internacionais com música de qualidade, dando ênfase ao jazz, blues e rock clássico e progressivo de todo mundo, procurando agregar o publico em todas as suas apresentações.

SERVIÇO

SÃO PAULO
Data: 24 de maio de 2018 (quinta-feira)
Abertura da casa: 20h
Início do show: 22h
Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP)
Ingressos: Setor Platinum Fila 1 a 4: R$ 380,00 (inteira) e R$ 190,00 (meia) | Setor Azul Premium Fila 1 a 7: R$ 280,00 (inteira) e R$ 140,00 (meia) | Setor Azul Fila 8 a 15: R$ 240,00 (inteira) e R$ 120,00 (meia) | Setor A, B, C e D: R$ 200,00 (inteira) e R$ 100,00 (meia) | Setor E, F, G e H: R$ 160,00 (inteira) e R$ 80,00 (meia)

RIO DE JANEIRO
Data: 25 de maio de 2018 – (Sexta-feira)
Local: Vivo Rio
Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo, Rio de Janeiro, RJ
Horário do evento: 22h
Abertura dos portões: 20h
Ingressos:
Preços:
Camarote A: R$320
Setor 4: R$200
Setor 3: R$240
Setor 2: R$280
Setor 1: R$320
Frisa: R$190
Balcão: R$180
Camarote C: R$200
Camarote B: R$280
Setor 5: R$190

Fonte: universodorock

Metallica: "Dancing Queen" do Abba

 em show na Suécia.

No vídeo abaixo, publicado no site oficial do Metallica

 no youtube, Rob Trujillo e Kirk Hammett tocam 

"Dancing Queen" do Abba, durante apresentação da banda

 realizada no Ericsson Globe em Estocolmo,

 na Suécia, no dia 7 de maio de 2018.

 Top Rock

1Imagine Dragons
Whatever it Takes
2Paramore
Fake Happy
3U2
Get Out Of Your Own Away
4Pop Evil
Waking Lions
5Of Mice Man
Warzone
6Gary Clark Jr
Come Together
7Five Finger Death Punch 
Gone away
8Awolnation
Seven Stick Of Dynamite
9

Evanescense


Imperfection



10Moose Blood

Talk in your Sleep







Slayer: garoto de 11 anos manda "South Of Heaven" na bateria

Avery Molek, onze anos de idade, mostra neste vídeo como tocar a bateria de "South Of Heaven" do Slayer.

Assista o video abaixo:

Fonte: whiplash.net






Titãs anuncia gravação de DVD no Teatro Opus em São Paulo

Apresentação especial, confirmada para o próximo dia 12 de maio, faz parte da programação que celebra um ano de atividades do Teatro Opus (Shopping Villa-Lobos). Ingressos já à venda.

Percorrendo por mais de três décadas as mais sinuosas estradas, os Titãs, um dos nomes mais extraordinários da história do rock nacional, acaba de anunciar mais um importante passo nesta nova fase da carreira. Branco Mello (voz/baixo), Sergio Britto (voz/teclado/baixo), Tony Bellotto (guitarra), Mario Fabre (bateria) e Beto Lee (guitarra) confirmaram show especial para gravação do DVD da ópera-rock “Doze Flores Amarelas” em formato que valoriza o intimismo e a proximidade com o público. A apresentação do próximo dia 12 de maio faz parte da programação comemorativa ao primeiro ano de atividades do Teatro Opus, uma das casas de espetáculos mais modernas de São Paulo, localizada no deck do Shopping Villa-Lobos. Os fãs interessados em conferir esta histórica performance já podem garantir os ingressos na bilheteria do Teatro Opus (Shopping Villa-Lobos) ou pelo site da Uhuu (https://uhuu.com). Confira o serviço completo abaixo. “Doze Flores Amarelas” narra a história de três jovens estudantes de faculdade (as Marias A, B e C) que, como todos de sua turma, usam a tecnologia frequentemente, em especial, um aplicativo chamado “Facilitador”. Numa dessas consultas, perguntam como devem fazer para curtirem ao máximo uma grande festa. Mas a festa acaba mal. Elas são violentadas pelos colegas. O tema da narrativa foi uma unanimidade. E nasceu das inquietações atuais, contemporâneas como assédio, abuso, violência contra a mulher, aborto e tecnologia tóxica do mundo digital. “Doze Flores Amarelas” reúne ao todo 25 composições inéditas, entre elas “A Festa”, “Me Estuprem” e, claro, a música que dá nome ao espetáculo. Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto decidiram pelo formato e convidaram Hugo Possolo, ator, dramaturgo e diretor do grupo de teatro Parlapatões, e o escritor, dramaturgo e jornalista Marcelo Rubens Paiva para reuniões criativas. Deste encontro surgiu o argumento, assinado pelos cinco. Além de co-autor do argumento, Hugo Possolo divide a direção do espetáculo com o cineasta Otavio Juliano. Três cantoras/atrizes completam a linha de frente musical: Corina Sabbas, Cyntia Mendes e Yas Werneck. O DVD tem lançamento previsto para dia 13 de julho via Universal Music. Antes disso, o grupo vai lançar três atos do espetáculo, em formato digital: Ato 1 (27 de abril), Ato 2 (04 de maio) e Ato 3 (11 de maio). Vale a pena lembrar que o próprio Titãs protagonizou, em noite memorável, o show de inauguração do mesmo Teatro, que durante este período recebeu mais de 120 mil espectadores em festivais, programas ao vivo, prêmios importantes, temporadas de grandes musicais, teatro e shows inesquecíveis.

SERVIÇO SÃO PAULO
Sábado, 12 de maio, às 21h
Teatro OPUS (Av. das Nações Unidas, nº 4777 – Alto de Pinheiros/ 4o piso – Shopping Villa- Lobos)
www.teatroopus.com.br/

INGRESSOS:
Setor Inteira Meia-entrada
Balcão Nobre R$ 140 R$ 70
Plateia Alta R$ 200 R$ 100
Plateia Baixa R$ 220 R$ 110

Fonte: universodorock







Roger Waters anuncia show extra em São Paulo no dia 10 de outubro.

Os fãs acabam de ganhar mais uma oportunidade para curtir a celebrada turnê mundial, Us + Them, de Roger Waters! Uma nova apresentação vai acontecer no dia 10 de outubro, no Allianz Parque, em São Paulo. Os ingressos do show do dia 09 de outubro, em São Paulo, já estão esgotados.

No Brasil, os shows de Roger Waters são apresentados por Cartão Elo. Heineken é a cerveja oficial dos shows de São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre. Em São Paulo, o Hospital Sancta Maggiore é o fornecedor oficial. Em Salvador, a Rede Bahia é Media Partner. Em Porto Alegre, o Grupo RBS tem promoção exclusiva. Os shows são realizados pela TIME FOR FUN.

SERVIÇOS:

SÃO PAULO (SP)
Data: Terça-feira, 09 de outubro de 2018. ESGOTADO
Data: Terça-feira, 10 de outubro de 2018. (EXTRA)
Local: Allianz Parque – Rua Turiassú, 1840 – Perdizes – São Paulo – SP
Abertura dos Portões: 17h
Horário do show: 21h
Ingressos: de R$ 165 a R$ 810 (ver tabela completa)
CADEIRA SUPERIOR R$ 165,00 R$ 330,00
PISTA R$ 190,00 R$ 380,00
CADEIRA INFERIOR R$ 275,00 R$ 550,00
PREMIUM ELO R$ 405,00 R$ 810,00

Quem é Roger Waters?

George Roger Waters (Surrey, 6 de setembro de 1943) é um músicocantor e compositor inglês.

É um dos fundadores da banda de rock progressivo/rock psicodélico Pink Floyd, na qual atuou como baixista e vocalista. Após a saída de Syd Barrett do grupo, em 1968, Waters se tornou o letrista da banda, o principal compositor e o líder conceitual do grupo. Subsequentemente, a banda conquistaria sucesso internacional nos anos 70 com os álbuns conceituais The Dark Side of the MoonWish You Were HereAnimals e The Wall. Ainda que seu instrumento primário no Pink Floyd tenha sido o baixo, ele também já experimentou sintetizadores e tape loops, além de tocar guitarra rítmica e violão em gravações e apresentações. Alegando diferenças criativas com o grupo, Waters deixou o Pink Floyd em 1985, iniciando uma batalha legal com os membros restantes pelo direito futuro de usar o nome e o material do grupo. A disputa encerrou-se em 1987 e levou quase dezoito anos para que ele tocasse novamente com o Pink Floyd em 2005, no evento Live 8. Estima-se que, até o ano de 2010, o grupo tenha vendido mais de 200 milhões de álbuns ao redor do mundo, incluindo 75 milhões vendidos apenas nos Estados Unidos.

carreira solo de Waters inclui quatro álbuns de estúdio: The Pros and Cons of Hitch Hiking (1984), Radio K.A.O.S. (1987),Amused to Death (1992) e Is This The Life We Really Want? (2017). Em 1990, Waters produziu um dos maiores concertos de rock da história, The Wall — Live in Berlin, com um público estimado de duzentas mil pessoas. Em 1996, ele foi induzido ao Hall da Fama do Rock and Roll, como membro do Pink Floyd. Waters tem estado em turnê extensivamente desde 1999, tocando The Dark Side of the Moon integralmente em suas turnês mundiais de 2006 a 2008.

Em 2 de julho de 2005, ele reuniu os seus ex-parceiros de Pink Floyd Nick MasonRichard Wright e David Gilmour para o Live 8, um concerto de caridade. Foi a primeira aparição do grupo com Waters desde a última performance deles, 24 anos antes. Em 2010, ele iniciou a turnê The Wall Live, que inclui uma performance completa do álbum The Wall. Durante essa turnê, Gilmour e Mason (os únicos remanescentes do Pink Floyd, dada a morte de Richard Wright), mais uma vez, se uniram à Waters, em 12 de maio de 2011, na O2 Arena, em Londres. Tocou, com Gilmour, "Comfortably Numb"; Mason se juntou em "Outside the Wall".

BON JOVI ENTRA NO HALL OF FAME E BANDA TOCA CLÁSSICOS COM RICHIE SAMBORA.


Banda não se apresentava com Richie Sambora desde 2013

O Bon Jovi entrou para o Rock N’ Roll Hall Of Fame em sua 33o. edição que aconteceu na noite de ontem em Cleveland.

O vocalista Jon Bon Jovi disse: “Eu vim escrevendo este discurso desde a primeira vez que eu peguei uma escova fingindo que era um microfone e cantava no alto das escadas da casa aonde eu morava quando era criança.”

Bon Jovi complementou “Eu escrevi este discurso tantas vezes e de tantos jeitos. Algumas vezes escrevi o discurso tipo Obrigado. Outras vezes, escrevi o discurso tipo Vão se Fuder. Escrever foi terapêutico de várias formas. Esta noite com certeza eu vejo as coisas de um modo diferente do que eu via 10, 20, 30 anos atrás. No fim das contas, o tempo manda em tudo.”

O ex-guitarrista e fundador da banda Richie Sambora disse sobre pertencer ao Bon Jovi: “Se eu fosse escrever um livro, se chamaria Os Melhores Tempos Da Minha Vida.”

O Bon Jovi tocou 4 músicas durante o evento: “Livin’ On A Prayer”, “It’s My Life”, “You Give Love A Bad Name” e “When We Were Us”

Confira 3 dessas músicas e o discurso do apresentador Howard Stern:

Stone Temple Pilots, Bush E The Cult Anunciam Turnê Conjunta

Três grandes bandas americanas: Stone Temple Pilots, Bush e The Cult, anunciaram nesta segunda-feira (02) uma turnê conjunta que leva o nome de Revolution 3.

São, até o momento, 20 datas agendadas para anfiteatros e arenas em toda a América do Norte com início programado para 18 de julho, em Nashville, e encerramento previsto para o dia 2 de setembro em Phoenix. As três bandas passarão por cidades importantes como Detroit, Toronto e Boston.

“É com muita honra e prazer saber que passaremos nossas férias de verão na estrada com os caras do The Cult e do Bush”, disse Dean DeLeo, do Stone Temple Pilots. Billy Duffy do The Cult comentou que será uma boa se unir a grandes amigos. “Estou ansioso para esta incrível turnê com STP e Bush sabendo que todos estaremos dividindo o palco e se divertindo muito”. “Será um ótimo verão com o STP e o The Cult, duas bandas responsáveis por criar grandes canções do rock”, disse o vocal do Bush Gavin Rossdale.

A expectativa é que a Revolution 3 ganhe novas datas ao longo do ano para que a excursão seja levada para Europa, Ásia e América Latina.

Fonte: Rockbizz

Pesquisa revela que ir a shows ajuda a aumentar expectativa de vida em quase uma década.
Ainda segundo o estudo, apresentações ao vivo aumentam o bem-estar em 21%

Ir a um show de música ao vivo vai ajudar a aumentar sua expectativa de vida em quase uma década. É o que diz uma nova pesquisa publicada pela O2, empresa que administra algumas das maiores casas de shows do Reino Unido, em parceria com a Goldsmith University.

Segundo o estudo, ficar 20 minutos em um show já é o suficiente para "poder aumentar sua sensação de bem-estar em até 21%", e a experiência "conecta diretamente os níveis de bem-estar com o aumento de nove anos na expectativa de vida".

Ou seja: pode existir uma conexão entre ir a shows e o quanto você vai viver. 

"Nossa pesquisa mostra o profundo impacto que os shows têm nas sensações de saúde, felicidade e bem-estar, com a frequência quinzenal ou regular sendo a chave", afirma Patrick Fagan, responsável pelo estudo.

Para determinar os resultados, voluntários passaram por testes psicotécnicos e de frequência cardíaca após fazer atividades como ioga, passear com cachorro e, claro, ir a um show.

A conclusão foi que frequentadores de apresentações musicais tiveram um aumento de 25% nos sentimentos de auto-estima e de proximidade com outras pessoas, e um aumento de 75% no estimulo mental.

Curiosamente, a pesquisa mostrou também que britânicos preferem ir a shows do que ouvir música em casa.

Em 2013, um outro estudo no Finlândia determinou que "crianças que participam de aulas de canto têm maior nível de satisfação na escola".

Já um feito pela Universidade do Missouri, publicado no The Journal of Positive Psychology, constatou que "músicas alegres têm um efeito significativamente positivo na saúde".

"Combinando toda as nossas descobertas e a pesquisa da O2, chegamos a receita de que ir a um show a cada 15 dias pode abrir o caminho para quase uma década a mais de vida", concluiu Fagan.

Fonte: O Globo

Papa Roach Lança Clipe Para None Of The Above


O Papa Roach disponibilizou um novo videoclipe nesta quinta-feira (29), através do canal da gravadora Eleven Seven Music no YouTube.

A faixa do mais recente trabalho da banda Crooked Teeth a ganhar um tratamento visual é None Of The Above, que traz cenas gravadas em um castelo em Luxemburgo, durante a passagem da turnê do grupo pela Europa.

O filme foi dirigido por Bryson Roatch e contou com um grupo de dançarinos que acabou dando um toque teatral para esse novo clipe. Ou seja, algo nada convencional para uma banda de rock.

Fonte: Rockbizz

Utilize o player abaixo e curta novidade a seguir:

Tenha você também a sua rádio